Últimas Notícias

19/03/2020

Com pandemia, venda de alimentos se assemelha ao período de Natal

Com o aumento do trabalho "home office", a suspensão das aulas em muitas escolas e a conscientização de parte da população em evitar deslocamentos e aglomerações, a compra de alimentos nos super, hipermercados e lojas de atacarejo tem suprido consumidores que estariam fazendo refeições em restaurantes, não fosse o cenário emergencial na saúde pública gerado pela pandemia de Covid-19.

Como resultado disso – e da preocupação do público em se preparar para uma eventual quarentena –, algumas redes já observam alimentos com venda semelhante ao da semana que antecede o Natal. Ouvida pelo j ornal Valor Econômico , uma rede com 19 lojas afirmou ter vendido entre quinta-feira (12/3) e domingo (15/3) todo o estoque de macarrão que abasteceria os pontos de venda por 60 dias.

Outra rede entrevistada pela reportagem, essa com mais de 30 lojas na capital paulista e região metropolitana, revelou que as vendas no último fim de semana ficaram 30% acima da meta, que já havia sido recalculada estimando avanço no movimento.

Em comunicado oficial, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informou que vem monitorando a situação nas lojas. Segundo a nota, não foi identificado nenhum problema de desabastecimento, apenas de reposição, devido ao maior fluxo de clientes nas lojas durante o último fim de semana.

De acordo com a ferramenta de estatísticas em tempo real Worldometers , já são quase 190 mil casos de Covid-19 em todo o mundo, com 7.500 vítimas fatais. No Brasil, há 301 casos confirmados em 15 estados e no Distrito Federal. Nesta terça-feira (17/3), o País registrou a primeira morte relacionado ao Covid-19.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2020 - Todos os direitos reservados