Últimas Notícias

21/06/2021

Culinária entra de vez na casa do consumidor

Neste ano, as refeições feitas em casa continuarão firmes, ainda que os lockdowns venham a diminuir. Não só pela continuidade do home office e pelo medo de contaminação, mas porque são tempos de dinheiro curto. Além disso, tem crescido ainda mais o interesse do brasileiro pela culinária gourmet e saudável. Soma-se a isso o fato de que se intensificou o movimento de pessoas que cozinham para doação.

Também cresceu o número de brasileiros que preparam marmitas ou pratos especiais para vender. O preço dessa alimentação para o consumidor costuma ser menor do que o de restaurantes. Entram ainda no caldeirão os produtos de preparo rápido e os pratos prontos, que atendem necessidade de conveniência.

O cenário tem deixado muitas indústrias otimistas e com planos de mais lançamentos e ações de marketing e merchandising. O desafio do varejo continuará sendo o mesmo: gerenciar melhor pedidos e estoques, pois o consumidor continuará no zigue-zague entre categorias e SKUs, de acordo com o momento do consumo, o tamanho do bolso e o maior ou menor nível de ansiedade. A alimentação continua sendo o principal refúgio diante das incertezas.

Uma das empresas que vêm se beneficiando com o boom da culinária doméstica é a AB Brasil, dona da marca Fleischmann . A companhia elevou suas vendas de fermentos (biológico e em pó), principalmente pelo aumento da produção caseira de pães, e também viu impulsionado o giro de misturas para bolos. O tradicional achocolatado Ovomaltine foi outro produto que acelerou as vendas, para uso na cobertura e recheio de bolos, além do tradicional brigadeiro.

Com o crescimento do comércio eletrônico em todo o Brasil, a AB Brasil criou em maio a sua gerência nacional de vendas de e-commerce. Segundo Luciano Albuquerque, diretor comercial, a empresa vai atuar de acordo com o esquema já adotado pelo cliente. “Se o varejista integra o comercial das lojas físicas e do online, atuaremos dessa forma. Se atua com divisões separadas, atenderemos de maneira separada”

Fermentos crescem com pães caseiros

50% alta nas vendas fermentos (biológico e químico)

30% alta nas vendas de mistura para bolos

Fonte: Fleischmann/março do ano passado a fevereiro deste ano

Especiarias avançam com culinária gourmet

6% alta nas vendas do mercado

1,2 bilhão de reais de faturamento

Fonte: Euromonitor 2020/BR Spices

0utra categoria que vem se expandindo ano a ano e acelerou o crescimento com a pandemia é a de temperos e especiarias. Um dos destaques é a BR Spices , que se consolidou como líder no segmento premium e moedor de vidro, graças a um aumento superior à média de mercado.

A produção se baseia em blends 100% naturais, livres de realçadores, conservantes, aromatizantes e corantes. Conta com um portfólio de 80 SKUs, que inclui uma linha zero sódio, uma para as refeições corriqueiras, como arroz e feijão, além de misturas específicas para churrasco e para consumo no café e no gin. “Os produtos atendem a demanda por saúde e sabor gourmet, que se fortaleceu com a pandemia”, diz Gabriel Daniel, diretor executivo da BR Spices.

Presente em 20 mil pontos de vendas espalhados pelo País, a marca avançou nas vendas graças também aos investimentos feitos nas lojas: exposição de merchandising, pontos extras na área de produtos para churrasco ou na seção de produtos naturais, além de cross selling com itens afins. No online, a empresa tem colocado kits para datas comemorativas e combos de produtos, e usado vídeos em redes sociais para comunicar o uso dos produtos. “O consumidor quer mais da alimentação e o varejo pode incrementar o tíquete médio e a margem”, explica Gabriel, que também é chef, com formação em Barcelona.Entre outros trabalhos, atuou nos restaurantes paulistas D.O.M e La Tambouille.

Clássicos também têm vez

2,9 milhões de novos domicílios foram alcançados pela categoria de leite condensado como um todo entre 2019 e 2020 (alta de 6%)

3,9 milhões de novos lares foi o avanço da marca Leite Moça no período, uma alta de 24%

0 brasileiro tem mesclado produtos saudáveis com itens de indulgência para se proteger e se confortar na pandemia, mas vem valorizando igualmente os SKUs práticos. Segundo a Nestlé, receitas com preparo rápido (de até 20 minutos) cresceram 5,5 pontos percentuais em penetração nos lares, mostrando que a rotina do home office e de cuidados com a casa e com os filhos também tem seu peso. Não à toa, a Nestlé lançou produtos para consumo imediato, como o patê Creme de Leite em três sabores. Atendeu a indulgência/saúde com o Leite Moça zero lactose e ampliou a linha Maggi, introduzindo creme de cebola, caldo em pó de legumes e novos temperos em vidros para uso em carnes. No inverno deste ano trará ainda sopas feitas com grãos, além do primeiro tempero de sopas do mercado. Dados apontam que 53% dos consumidores estão cozinhando nos lares.

Ação no supermercado


Uma campanha desenvolvida pela afiliada da Globo EPTV e patrocinada pela rede paulista Savegnago levou a gastronomia ao cotidiano das refeições feitas em casa. Conduzida por cinco semanas, a campanha disparou um concurso para seleção da melhor combinação de pratos culinários. O Savegnago adquiriu o licenciamento da marca “Tá combinado” da EPTV e implementou a proposta em parceria com 10 fornecedores. Eles entraram na campanha com ou sem ofertas, e a rede incluiu ainda produtos de outras indústrias que se engajaram após a contratação inicial do projeto. “A dinâmica do concurso, concluído em maio, procurou estimular a criatividade do consumidor e o incremento das refeições com pratos adicionais”, afirma José Sarrassini, diretor comercial da rede, que tem lojas em 17 cidades do interior paulista.

O concurso funcionou assim: a equipe de gastronomia da EPTV propôs pratos diferentes ao longo das semanas e os participantes enviaram suas receitas de um prato complementar – uma entrada, um acompanhamento ou uma sobremesa. Isso com alguns ingredientes indicados pelo Savegnago. A EPTV selecionou, então, 12 receitas a cada semana e o público, por votação aberta pelo site G1 da Globo, escolheu a melhor opção. A receita selecionada ganhou R$ 1 mil para compras na rede e garantiu vaga na disputa final. Já as outras 11 receberam o valor de R$ 200 cada. No fim da ação, os cinco selecionados prepararam um prato especial e o vitorioso levou um vale-compra do Savegnago de R$ 12 mil, enquanto os demais participantes receberam um no valor R$ 1,5 mil cada. Além da exposição do concurso na EPTV, jornais, sites, redes sociais e um programa local de TV, a campanha contou com todo o envolvimento da rede no ponto de venda, e-commerce, tabloides e CRM. Até o fechamento desta edição, o concurso ainda não tinha sido finalizado e a empresa não dispunha de resultados, mas Sarrassini estava confiante no envolvimento do consumidor. “Além do prêmio como motivador do público, esse concurso envolveu as mudanças que têm ocorrido na relação de toda a família com as refeições, mexeu com afetos e estimulou a imaginação culinária”, declarou o executivo.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2021 - Todos os direitos reservados