Últimas Notícias

17/03/2020

Preço dos vinhos importados pode subir até 10% em abril

Os grandes importadores de vinhos no Brasil ainda não sofrem diretamente com os impactos econômicos da epidemia global de coronavírus. No entanto, a alta acumulada na cotação do dólar pode resultar em aumento nos preços da bebida já nas próximas semanas. A avaliação é de que, caso a escalada da moeda norte-americana não cesse, a tabela precisará ser reajustada a partir de abril.

Desde ontem (9/3), o cenário do câmbio se complicou ainda mais sob influência também da guerra de preços do petróleo entre Arábia Saudita e Rússia. Ao longo do dia, a moeda dos EUA chegou a ser cotada em R$ 4,77, fechando a R$ 4,72 após intervenção do Banco Central.    

Com estoques já pagos, a importadora Casa Flora manterá preços até o fim deste mês, mas avaliará a necessidade de reajustes de até 10% ao longo de abril, decisão que vai depender do comportamento do câmbio. A mesma avaliação deve ser feita nas próximas semanas por outras empresas do setor. 

De acordo com Adilson Carvalhal Junior, diretor da Casa Flora e presidente da Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA), por enquantos os embarques de pedidos de vinhos estão em dia, mesmo aqueles provenientes da Itália, país que mais sofre com os efeitos da epidemia entre as nações ocidentais. Carvalhal Junior lembra que a safra de uvas na Europa ocorre entre agosto e outubro, portanto, a esta altura, as vinícolas já produziram suas bebidas. Resta saber como ficarão os embarques com a quarentena adotada em toda a Itália

ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2020 - Todos os direitos reservados