Últimas Notícias

16/10/2019

Com país em crise, brasileiro vende milhas para ter renda

Há 12,6 milhões de pessoas desempregadas no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número de pessoas que trabalham sem carteira assinada no setor privado é o maior em sete anos. É nesse cenário em que as alternativas para fazer renda fazem diferença enquanto os boletos não param de chegar. A venda de milhas é uma delas, uma possibilidade que concede maior liberdade de escolha aos consumidores.

 

A venda de milhas aparece como uma boa alternativa para ganhar dinheiro com compras do cotidiano, principalmente, pelo uso do cartão de crédito. Mas muitas pessoas ainda desconhecem todas as possibilidades que pontos e milhas oferecem e acabam deixando que elas expirem, mesmo depois de terem pagado por elas.

 

É que quando um consumidor recebe pontos ou milhas por suas compras, sejam viagens de avião, transferências do cartão de crédito para programas de fidelidade de companhias aéreas, assinatura de clubes de vantagens, compras em lojas parceiras dos programas ou pela compra direta de milhas, existe um prazo para utilizá-las, que varia de acordo com critérios de cada programa, se o consumidor não usá-las até aquela data, irá perdê-las. Um desperdício de dinheiro, uma vez que, para qualquer transação que gere milhas acumuladas, há gasto de dinheiro com as milhas.

 

Muita gente nem sabe que possui milhas e, desconhece suas possibilidades de uso. Há também quem se esqueça  por não entender que pontos e milhas são dinheiro. No primeiro semestre de 2018, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf), foram emitidos 149,7 bilhões de pontos/milhas. No mesmo período, foram resgatados 129,7 bilhões de pontos/milhas, mas é comum que boa parte deles expirar. Quantas vezes você já perdeu seus pontos e milhas porque expiraram?

 

Em 2018, 29,3 bilhões de milhas perderam a validade apenas nos dois maiores programas de fidelidade brasileiros, Smiles e Multiplus (que foi incorporada pela Latam, tornando-se Latam Pass). Se resgatadas, essas milhas permitiriam que mais de 4 milhões de passageiros viajassem na ponte aérea RIO-SP.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2019 - Todos os direitos reservados