Últimas Notícias

26/07/2019

Lojistas capixabas já preveem melhora no comércio após saques do FGTS

As novas regras que vão permitir que trabalhadores saquem até R$ 500 das contas ativas do FGTS devem melhorar as vendas do comércio no Espírito Santo. Pelo menos é o que acredita o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vitória, Estanislau Ventorim.

 

Além do estímulo ao consumo, a entidade acredita que a liberação do FGTS vai auxiliar o cidadão a quitar suas dívidas, reduzir a inadimplência e recuperar o crédito.

 

"A nossa visão é que está chegando um dinheiro extra, que ajuda sim a movimentar a economia e movimentação passa pelo comércio. A ação do Governo é bem-vinda, ainda mais neste momento de crise, que o varejo fecha em queda pelo terceiro mês consecutivo. Isso impulsiona o consumidor, até porque os valores serão disponibilizados próximo da data do 13º salário", afirma Ventorim.

 

Em abril, o Indicador de Uso do Crédito, apurado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostrou que 17% dos consumidores brasileiros tiveram crédito negado ao tentarem fazer uma compra a prazo. O levantamento aponta que a principal razão para a negativa é o fato de estarem com o nome inserido em cadastros de inadimplentes (27%). O estudo é realizado bimestralmente e, neste caso, tem o mês de abril como referência.

 

Para o presidente da CNDL, José César da Costa, o acesso aos recursos do fundo pode beneficiar o brasileiro que mais necessita. “Os saques devem atender às necessidades de quem mais sofre neste momento, os cidadãos das classes C, D e E, que estão há muito tempo sem liquidez”.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2019 - Todos os direitos reservados