Últimas Notícias

26/06/2019

Desemprego sobe para 16,8% em São Paulo

As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego, realizada pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), mostram que a taxa de desemprego permaneceu relativamente estável, ao passar de 16,7%, em abril, para 16,8%, no último mês de maio

Segundo suas componentes, a taxa de desemprego aberto na região metropolitana de São Paulo passou de 13,9% para 14,0% e a de desemprego oculto (2,8%) não variou. O contingente de desempregados foi estimado em 1,921 milhão de pessoas, 49 mil a mais do que no mês anterior. Esse resultado decorreu do aumento insuficiente do nível de ocupação (geração de 174 mil postos de trabalho, ou 1,9%), para absorver a expansão da População Economicamente Ativa (223 mil pessoas se incorporaram à força de trabalho da região, ou 2,0%).

 

O contingente de ocupados foi estimado em 9.513 mil pessoas. Segundo posição na ocupação, aumentou o emprego assalariado (1,3%), resultado dos acréscimos do assalariamento com e sem carteira de trabalho assinada no setor privado (1,3% e 0,6%, respectivamente). Elevaram-se os contingentes de empregados domésticos (8,5%), de profissionais autônomos (2,4%) e, em menor proporção, daqueles classificados nas demais posições (0,3%) – composto por empregadores, donos de negócio familiar, trabalhadores familiares sem remuneração e profissionais liberais.

 

Entre março e abril de 2019, diminuíram os rendimentos médios reais de ocupados (-0,6%) e assalariados (-1,6%) foram estimados em R$ 2.093 e R$ 2.179, respectivamente.

 

Histórico anterior

 

Em abril passado, o contingente de desempregados na região metropolitana de São Paulo foi estimado em 1,872 milhão de pessoas, 100 mil a mais que no mês de março de 2019, segundo o Dieese/Fundação Seade.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2019 - Todos os direitos reservados