Últimas Notícias

26/04/2019

RH: qual o limite na amizade entre funcionário e chefe?

Por mais proximidade que exista, lembre-se: nem tudo precisa ser verbalizado

O chefe pode ser legal, mas continua sendo seu chefe. E não esquecer disso é um bom conselho para a carreira. Afinal, entender os limites entre amizade e relação profissional é algo importante para colaboradores e gestores.

Em uma análise sobre esse assunto, Monique Evelle , idealizadora de negócios sociais que viaja o Brasil pesquisando inovações nas periferias, conta já ter ouvido de muitos fundadores sobre momentos em que eles sentem a necessidade de dizer: "sou legal, mas sou seu chefe". A própria Monique já ouviu de funcionários que ela é "tão legal que nem parece chefe". Claro que uma relação de amizade é possível, mas o fato é que, sim, deve haver limites entre o que se fala no ambiente profissional e fora dele.

Aos 24 anos, Monique Evelle figura em ranking da Forbes como uma das brasileiras mais influentes com menos de 30 anos de idade. Para ela, não há regras para manter relação pessoal e profissional equilibrada, no entanto os funcionários devem entender que existem possibilidades de evitar situações constrangedoras. "Para isso, não exceda na intimidade e não se vanglorie da liberdade", recomenda a empreendedora. Um bom caminho é evitar comentários impróprios, lembrando que, por mais proximidade que exista, nem tudo precisa ser verbalizado.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2019 - Todos os direitos reservados