Últimas Notícias

23/08/2018

ACATS promove 6º Fórum de Prevenção de Perdas em SC

Um dos maiores desafios da gestão das empresas supermercadistas é a prevenção de perdas. Por isso é que cresce, a cada ano, o número de supermercados que investe em ações de prevenção de perdas para melhoria do resultado geral das operações de lojas. Para mostrar um quadro atualizado desta rubrica de perdas e também dar visibilidade para novas ações preventivas a Associação Catarinense de Supermercados (Acats) e a Fecomércio/Câmara Empresarial de Supermercados promovem no dia 16 de agosto, em Florianópolis, o VI Fórum de Prevenção de Perdas nos Supermercados e Varejo em Geral. O evento acontece entre as 9h e 16h no auditório da Fecomércio/SC, com apoio da Melitta e Superpan.


A programação do evento deste ano abre espaço para participação de órgãos públicos relacionados à segurança pública, sendo representados pelo Cel. Carlos Alberto de Araújo Gomes Junior, Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina, do Delegado Rodolfo Serafim Cabral, Títular da 1ª Delegacia de Polícia da Capital e da Promotora de Justiça, Dra. Greicia Malheiros da Rosa Souza.


Para o Presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, os empresários do setor tem esse desafio constante de lidar com situações de furtos nas lojas e o apoio das autoridades de segurança pública será fundamental. "Acredito que o fórum será oportunidade para nos aproximarmos ainda mais e definirmos estratégias de atuação preventivas", afirma Lopes.


A intervenção do poder público da área de segurança tem justificativa. No último levantamento nacional divulgado sobre causas das perdas em supermercados, a cargo da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o quesito furtos (externos e internos) é o segundo que mais contribui para aumentar as perdas, com cerca de 27%, perdendo apenas para o quesito quebra operacional, com cerca de 29%.
Ainda segundo informações da pesquisa, os artigos que mais sofreram perdas em quantidade são doces em geral (22,6%), bebidas alcoólicas e bebidas em geral (18,2%), perfumaria (11,9%), carnes (10,7%) e desodorantes (9,1%).


Segundo a pesquisa da Abras, a última avaliação nacional indica que os supermercados brasileiros registraram um índice de 2,10% de perdas (2016), o que representa R$ 7,11 bilhões do faturamento bruto do setor e um aumento de 0,14% ponto percentual em relação a 2015. Dentre as principais causas de perdas registradas em 2016 pelas 339 redes supermercadistas participantes estão: quebras operacionais, furtos externos e internos, erros de inventário e administrativos, fornecedores, entre outros.


Durante o Fórum deste ano o Superintendente da Abras, Márcio Milan, apresentará as conclusões do estudo mais recente feito pela Entidade, a 18ª Edição de Avaliação de Perdas nos Supermercados Brasileiros, com resultados apurados no ano de 2017.



ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2018 - Todos os direitos reservados