Últimas Notícias

26/07/2018

Varejo brasileiro perde US$ 2,3 bi por ano com furtos e má gestão de estoque

Perdas no atacarejo superam a média do setor varejista

Estudo da consultoria PlanetRetail RNG constatou que o varejo brasileiro perde todos os ano US$ 2,34 bilhões, o equivalente a 1,99% do faturamento do setor, acima da média global, que é de 1,82% de perdas sobre o faturamento anual

Perdas relacionadas a problemas com fornecedores são as mais comuns, com 29,17% de participação. No estudo, a consultoria observou que grandes redes checam apenas por amostragem as mercadorias entregues no centro de distribuição. Dessa forma, entregas erradas e produtos avariados acabam, em muitos casos, chegando até as lojas.

Furtos e roubos externos são a segunda causa de perdas mais citada pelas empresas, com representatividade de 27,90% do total. Em terceiro lugar aparece a má gestão do estoque, um problema que resulta em 21,93% do desperdício observado nas grandes redes varejistas. Furtos e fraudes internas completam a lista das ocorrências de perdas, respondendo por 21% dos casos. 

No Brasil, os produtos com maior incidência de furtos, de acordo com relato das empresas entrevistadas, são: itens de vestuário; bebidas alcoólicas e eletrônicos como smastphones, tablets e câmeras digitais.  

As perdas no atacarejo aparecem acima da média registrada na pesquisa, representando 2,13% do faturamento desse formato de loja. Nos hipermercados, o índice é de 1,53%.  

Encomendada pela Tyco Retail Solutions, empresa especializada em análise e fornecimento de tecnologias para o varejo, a pesquisa ouviu 72 empresas do Brasil. O estudo completo contou com a participação de 1.120 executivos de redes de varejo com faturamento superior a US$ 100 milhões em 14 países.

ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2018 - Todos os direitos reservados