Últimas Notícias

26/06/2018

Índice que calcula adequação dos estoques apresenta queda em junho

No varejo alimentar, houve reflexo do desabastecimento gerado pela paralisação dos caminhoneiros

O Índice de Estoques, calculado pela FecomercioSP, caiu de 113,8 pontos em maior para 107,1 pontos em junho. O indicador vai de zero a 200 pontos, sendo que a marca de 100 pontos significa o limite entre inadequação e adequação dos estoques.

Em junho, 53,3% dos empresários consideraram seus estoques adequados, uma queda de 3,4 pontos porcentuais (p.p.) em relação a maio; e de 0,9 p.p. no comparativo com junho de 2017. A proporção de empresários que declarou ter excesso de mercadorias nas lojas registrou alta de 2,4 p.p., ao passar de 30% em maio para 32,4% em junho. Outros 13,8% consideraram seus estoques abaixo do adequado, uma elevação de 0,8 p.p. na mesma base comparativa.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, o desabastecimento decorrente da paralisação dos caminhoneiros teve dois efeitos diversos sobre o nível de estoques do comércio varejista. Um deles foi a  falta de produtos em alguns setores mais vulneráveis aos choques de oferta ou demanda de curto prazo, o que acontece basicamente no segmento de bens não duráveis como alimentos, bebidas e combustíveis. Outro reflexo foi ter deixado o consumidor muito reticente em relação à aquisição de bens duráveis – como automóveis e eletrodomésticos –, elevando assim os estoques.


ASPB - Associação de Supermercados da Paraíba
Av. Duque de Caxias, 20 Centro - João Pessoa - Paraíba | Fone: (83) 3221-9047
© Copyright 2008 - 2018 - Todos os direitos reservados